JOIA PROIBIDA DA INDIA- LOUISE ALLEN

image

Salvou minha vida e lhe agradeço
por isso. – A emoção primitiva
desaparecera e, quando ela ergueu o
queixo, era a imagem perfeita de uma
princesa, não obstante a poeira e as
roupas de viagem sujas.
A coragem que ela demonstrava
diminuiu a intensidade da raiva de Nick
e as labaredas que lhe percorriam as
veias, mas ainda assim não conseguiu
soar cortês.
– Esse é o meu trabalho – retrucou
sucinto. – Levá-la de volta ao seu pai
viva e íntegra.
– Não permitirá que eu lhe agradeça?
– Anusha deu um passo que a deixou
diretamente em frente a ele. – Vocês
ingleses se beijam como forma de
agradecimento, certo? – Com a estrutura
de Pavan às suas costas, Nick não podia
recuar. Ela pousou as mãos nos ombros
largos, se ergueu nas pontas dos pés e
encostou o corpo ao dele. Por um
interminável instante, os lábios
tentadores tocaram os dele, quentes e
aveludados.
A boca de Anusha se entreabriu
alguns milímetros, em um convite que
Nick estava certo de que ela não
conseguia entender. O tempo pareceu
congelar, enquanto ele lutava contra a
tentação de pressioná-la ao próprio
corpo, violar a boca, perder-se na
inocência que o desejava.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ROMANCES HOMO / ANTOLOGIAS## SCARLET BLACKWELL

MESTRES DO MENAGE 1 AO 4## SHAYLA BLACK

BEM VINDOS AO SANTUARIO 1 AO 3- COOPER MCKENZIE